segunda-feira, 13 de abril de 2015

CULTURA - 1

Segundo a ESG (Escola Superior de Guerra) “Cultura” é o acervo material e espiritual de que dispõem as pessoas e os grupos sociais, face às situações que os motivam ou desafiam. É necessário que a herança e as conquistas culturas se transmitam ao longo das gerações. Métodos e processos educativos existem para isso, em todas as culturas, que exercer assim uma ação socializadora ou de integração, na coletividade das pessoas que compõem os grupos sociais. “As pessoas necessitam, portanto, adquirir e incorporar os significados da comunicação, certos recursos de pensamento, os vários instrumentos de ação, a bagagem comum de sentimentos, conhecimentos e crenças, bem como a compreensão do sistema de valores, a correlata orientação das tendências e as expectativas de comportamento vigente nos grupos sociais de que participam”. Ainda segundo a ESG, “educação é o processo de assimilação e transmissão de conhecimentos e valores culturais do grupo social que visa a levar o ser humano à realização de suas potencialidades”. “Em sentido amplo, educação é sinônimo de socialização, adaptação à vida. Os programas sociais nem sempre enfatizam devidamente a educação social que deve dar às pessoas consciência do seu lugar, seus papeis e sua articulação com a sociedade”. Em sentido restrito, a educação compreende todos os processos, institucionalizados ou não, que visem transmitir ao longo da vida dos membros da sociedade, os conhecimentos e os padrões de comportamento que assegurem a continuidade de sua cultura. Nelly Aleotti Maia, entre outras funções, professora do Centro de Estudos de Pessoal do Exército, conceitua educação como uma aprendizagem valorizada (pelo grupo), que sofrerá modificações no espaço e no tempo. E a educação se modifica porque há um processo extraordinariamente amplo, que se pode chamar de mudança social, afetando todos os setores da vida do homem. Diz ainda a mesma professora que, “podemos entender educação como um sistema, isto é, um conjunto de elementos que mantêm entre si uma inter- relação funcional com um propósito específico”. (Continua)

                                        Nelson Martins.    11 de abril de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário