domingo, 6 de março de 2011

MITOLOGIA - 2. A CRIAÇÃO do MUNDO.

Os antigos pagãos, não dispunham, sobre o assunto das informações que pensamos dispor. Tinham sua própria versão sobre os acontecimentos. Antes de serem criados o mar, a terra e o céu, todas as coisas apresentavam um aspecto a que se dava o nome de Caos - uma informe e confusa massa -na qual a terra, o mar e o ar estavam todos misturados. Assim, a terra não era sólida, o mar não era líquido e o ar não era transparente. Deus e a Natureza intervieram finalmente e puseram fim a essa discórdia, separando a terra do mar e o céu de ambos. Sendo a parte ígnea a mais leve, espalhou-se e formou o firmamento; o ar colocou-se em seguida no que diz respeito ao peso e ao lugar. A Terra, sendo a mais pesada ficou para baixo, e a água ocupou o ponto inferior fazendo-a flutuar. Uma Força Superior - não se sabe qual - surgiu para arranjar e dispor as coisas na Terra. Deteminou aos rios e lagos seus lugares, ergueu montanhas, escavou vales, distribuiu os bosques, as fontes, os campos férteis e as áridas planícies; os peixes tomaram posse do mar, as aves, do ar e os quadrúpedes da terra.
Tornara-se necessário porém um animal mais nobre, e foi feito o Homem. A Natureza deu-lhe o porte erecto, de maneira que, enquanto os outros animais têm o rosto voltado para baixo, olhando a terra, o homem levanta a cabeça para os céus e olha as estrelas. Com esse dom, o homem assegurou sua superioridade sobre todos os outros animais. A mulher ainda não fora criada. Ao ser criada chamou-se Pandora. Foi feita no céu.
Fonte: O Livro de Ouro da Mitologia. Thomas Bulfinch. Ediouro Publicações - 1998.

Nenhum comentário:

Postar um comentário